Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Atirador de Taquaritinga realiza ato de heroísmo
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Atirador de Taquaritinga realiza ato de heroísmo

  • Publicado: Sexta, 23 Julho 2021 10:02
  • Última Atualização: Segunda, 02 Agosto 2021 09:56

Taquaritinga (SP) – No dia 20 de julho compareceu ao Tiro de Guerra de Taquaritinga o Senhor João Eudes Bertoletti para identificar e agradecer um possível Atirador que havia ajudado a sua mãe em um momento de muita necessidade.

O Senhor Bortoletti - que também foi Atirador em Taquaritinga no ano de 1963 - relatou que na semana passada, por volta das 5h da manhã, sua mãe Dona Francisca aos 96 anos de idade, estava sozinha e passando mal, foi então que resolveu abrir a porta da casa situada na Avenida João Perissinotti para encontrar alguma ajuda externa.

Por infelicidade, a dona Francisca caiu logo ao sair da casa, permanecendo deitada no quintal escuro e frio da madrugada, sentindo muitas dores e sem nenhuma possibilidade de levantar-se sozinha.

Momentos depois, passava pela avenida da residência o Atirador Kelvin Daniel Fávero que estava indo para a instrução do dia no Tiro de Guerra e ouviu um gemido. Sem conseguir identificar de onde vinham os gemidos de dor, pois os primeiros raios de sol ainda não haviam aparecido, o Atirador Fávero permaneceu em silêncio por um momento, até que teve a certeza de qual direção vinham as súplicas, conseguindo ver na penumbra a sombra do que parecia ser uma pessoa caída ao chão no quintal de uma casa.

O Militar então utilizando dos ensinamentos adquiridos no Tiro de Guerra, sabia que precisava ajudar de alguma forma, mas o portão estava trancado, momento no qual o tirocínio e a capacidade de discernimento se fizeram mais fortes e foi determinante na escolha de pular a grade da residência - que estava trancada - para ajudá-la, mesmo sem saber dos riscos que envolviam uma atitude desse tipo.

Após pular a grade e colocar em prática a instrução de Primeiros Socorros executando as três medidas salva-vidas, o Atirador Fávero ajudou a Dona Francisca, evitando que ela entrasse em estado de choque.

– “Eu pensei nos riscos, pesei na ‘balança mental’ os prós e contras e concluí que era melhor eu ajudar aquela alma desconhecida naquilo que eu podia fazer no momento e pulei o muro de sua casa sem pestanejar”, relatou o Atirador Fávero perante os outros atiradores por ocasião de agradecimento do Sr. Bertoletti. O filho da Dona Francisca que fez questão de ir ao TG para identificar a pessoa que ajudou sua mãe e presentear o “Herói” com um óleo especial de eucalipto que ele mesmo produz.

– “Sem a ajuda deste Atirador, provavelmente minha mãe não estaria mais conosco”, disse, com a voz embargada, o Sr. Bertoletti - que reside no Paraná e veio acompanhar sua progenitora na sua recuperação.

O Chefe de Instrução do Tiro de Guerra, 1º Sgt. Fambre, parabenizou o Atirador pelo feito e concitou-o a permanecer no caminho do bem, onde temos a oportunidade diária de colocar em prática alguns atributos como Espírito de Corpo, Abnegação, Coerência, Cooperação, Decisão, Discernimento, Iniciativa, Civismo e muita Cidadania.

Reprodução: Prefeitura de Taquaritinga

registrado em:
Fim do conteúdo da página